A Pró Rio Grande vem atuando no Bairro Estoril desde 2003. Neste mesmo ano, realizamos um evento (II Eco Jet) de Educação Ambiental no bairro, onde desenvolvemos as seguintes ações: recolhimento do lixo das margens e superfície da represa; mapeamento de nascentes e áreas degradadas; distribuição de material educativo; fixação de placas orientativas; recreação ambiental para crianças e distribuição de mudas nativas.

Em parceria com a Sociedade Amigos do Bairro Estoril, a Pró Rio Grande iniciou um processo de discussão sobre as questões socioambientais do bairro com a comunidade, a partir de uma pesquisa-ação participativa. Para integração do grupo realizamos oficinas do Modelo Colaborativo, fruto da parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica que desenvolveu a metodologia juntamente com a CIDA – Agência Canadense para o Desenvolvimento Internacional. Estas oficinas foram realizadas na Escola Estadual Tito Lima.

Com o objetivo de conhecer as prioridades do Bairro Estoril ao olhar da comunidade, foram aplicados questionários, de casa em casa, com os moradores do bairro. A análise das resposta resultou em um Diagnóstico Socioambiental, o qual apresentou como tema prioritário o SANEAMENTO BÁSICO.

A Pró Rio Grande acompanhou as obras de saneamento da região, que foi executada pela SABESP, onde o Bairro Estoril foi contemplado devido a implantação do Projeto de Despoluição do Tietê, III Etapa, o qual incluía a coleta e o tratamento do esgoto do bairro.

Em 2013, realizamos o “Seminário Socioambiental – Água, Fonte de Vida”, na Escola Estadual Tito Lima – Bairro Estoril.

Ao longo de vários anos, fizemos o acompanhamento jurídico do Processo nº 800/89 – Ação Civil Pública, referente ao “Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)”, firmado entre a Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo e o Ministério Público. O objeto do TAC era a recuperação ambiental de uma área degradada no Bairro Estoril. No final do processo, “a área não foi recuperada”, pois o descumprimento por parte da prefeitura em cumprir o TAC, culminou na execução de uma multa por parte do Ministério Público. Em 30 de maio de 2018 o valor da multa virou precatório e entrará na ordem cronológica dos pagamentos a serem feitos pela municipalidade.

Acesse o Diagnóstico Socioambiental clicando no botão abaixo:


Tamanho do arquivo: 8 megas

Proposta de projeto para revitalização do Riachinho:


Tamanho do arquivo: 32 megas

Estudo sobre o Programa Bairro Ecológico:

Como encaminhamento do resultado do Diagnóstico, a Pró Rio Grande se dispôs a acompanhar as obras de SANEAMENTO que foram executadas pela SABESP. Abaixo, baixe a apresentação da Etapa III do Projeto Tietê, que contempla a região do Bairro Estoril:

TERMO DE CONTRATO 17.598/10.

Objeto: execução das obras de redes, ligações, coletores e estações elevatórias de esgoto, integrantes do projeto de despoluição do Rio Tietê – etapa III, nas áreas da unidade de negócios Sul – Diretoria Metropolitana – M, grupo B1 – lote Empresa: Consórcio DPBarros/Geva. Características da obra: 129 km de redes coletoras de esgotos, 5.898 ligações domiciliares e 26 estações elevatórias. Municípios atendidos: Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Bernardo do Campo e São Paulo Valor contratado: R$ 76.771.440,00 Prazo: 36 meses.

Em 09/10/2012, a Pró Rio Grande protocolou uma pedido, via internet,  para ter acesso ao cronograma de obras na região onde, segundo moradores, com o seguinte conteúdo (nº Fale Conosco: 13488-29, através do CNPJ da OSCIP Pró Rio Grande: 05.205.543/0001-69.):

“Somos uma ONG e atuamos na comunidade do Estoril, próximo ao Riacho Grande, focados na questão da água, e gostaríamos de ter acesso e conhecimento do cronograma de obras do Projeto Tietê – Etapa III, das obras previstas para a região, se possível, tudo que será feito em São Bernardo do Campo. TERMO DE CONTRATO 17.598/10. Agradecemos desde já pela atenção e aguardamos vosso contato.”

Resposta obtida em 16/10/2012:

“Prezado Senhor

São inúmeras as obras previstas para o município de São Bernardo do Campo com execução prevista para ocorrer entre março de 2011 e o final de 2015.

Na região do Riacho Grande em São Bernardo do Campo, estão previstos 28,8 km de redes coletoras, além de obras compõem o sistema de esgotamento, tais como estações elevatórias, linhas de recalque e ligações domiciliares que permitirão que os esgotos cheguem na Estação de Tratamento de Esgotos – ETE Riacho Grande (já existente) para tratamento.

As obras em andamento devem se estender até o primeiro semestre de 2014 e atenderão as localidades conhecidas como: Angelo, Autori, Capelinha, Coração, Lago Azul, Morro Grande, Odair, Pacheco, Pelé, Portugal I, Portugal II, Primo, Rio Acima, Tozzi e Tropical.

É muito importante reforçar que, para que os imóveis possam ser conectados e os esgotos desta região sejam encaminhados para tratamento, é necessário que todas partes do sistema estejam concluídas, incluindo as Estações Elevatórias e a implantação de Redes Coletoras.

Considerando que essas obras nem sempre ficam prontas simultaneamente, é muito importante que os moradores aguardem a visita de pessoas especializadas e credenciadas pela Sabesp.

As obras do Projeto Tietê, estão em todo o Município de São Bernardo do Campo e em mais 27 municípios da Região Metropolitana de São Paulo.

Por se tratar de um serviço de utilidade pública é necessário o envolvimento de todos os cidadãos, contribuindo para a melhoria das condições do meio ambiente.

Solicitamos que participe e nos apoie na conscientização de todos.

A Sabesp agradece o seu contato.”

 

Veja fotos das atividades realizadas: